21 2246-0234 | 21 98596-8166

Plasma de Argônio

O que é o Plasma de Argônio?

Trata-se de uma cauterização da nova ligação entre o estômago reduzido e o intestino delgado (anastomose Gastro-jejunal) feita com o gás argônio. Esse tratamento é feito para aqueles que realizaram a Cirurgia de Redução do Estômago previamente, promovendo novamente a redução do diâmetro da anastomose, que aumentou de diâmetro após o procedimento. Dessa maneira, o paciente que havia parado de perder ou voltado a ganhar peso, volta a apresentar novamente a saciedade alimentar precoce com baixa ingestão de alimentos, já que o organismo volta a apresentar restrição para a comida.

Indicação do procedimento

Este procedimento é indicado apenas para pacientes operados por Cirurgia Bariátrica, pela técnica do Bypass Gástrico (Fobi-Capella, Wittgrove, Higa).

O método é indicado para pacientes que iniciaram o reganho de peso, ou que interromperam a perda de peso ainda apresentando índices de obesidade. O Plasma de Argônio começa a ser indicado, em média, com tempo mínimo de 12 a 24 meses após a cirurgia inicial.

A casuística dos pacientes pós-operados com reganho de peso tem aumentado devido ao grande volume de Cirurgias Bariátricas no Brasil, além dos seus mais de 20 anos de realização. Portanto, aqueles que não aproveitaram todo o auxílio que a cirurgia trouxe nos primeiros anos para mudarem seu estilo de vida, encontram no Plasma de Argônio um novo auxiliador para remodelar uma anastomose justa.

Como é o procedimento?

Trata-se de um procedimento feito por Endoscopia Digestiva Alta e sedação venosa. Realiza-se a fulguração (cauterização) endoscópica na anastomose cirúrgica, a fim de reduzi-la novamente ao tamanho ideal para perda de peso e reinício do tratamento com supervisão da equipe multidisciplinar.

O procedimento dura em média 10 a 15 minutos, de acordo com o tamanho do novo estômago (coto gástrico) de cada indivíduo.

Quantas sessões de argônio preciso fazer?

São necessárias em média 3 sessões, de acordo com a resposta do organismo de cada indivíduo.

Recomenda-se o controle endoscópico a cada semestre inicialmente, espaçando para acompanhamento anual a seguir. De acordo com o quadro clínico e sintomas nutricionais.

Segurança

Apesar de ser um procedimento ambulatorial, ou seja, sem a necessidade de internação hospitalar, a equipe Endodiagnostic busca oferecer excelência em segurança em todos os seus procedimentos. O mais indicado é que seja realizado em ambiente hospitalar com todo o aparato necessário para o exame ser feito minimizando seus riscos. A liberação para casa ocorre em aproximadamente 1 hora após a realização do exame.

Equipe Multidisciplinar

O propósito do tratamento endoscópico com Plasma de Argônio vai muito além do que o simples retorno do emagrecimento. Todo procedimento que visa perda de peso torna-se obsoleto em curto, médio ou longo prazo, caso não se faça paralelamente um trabalho com equipe multidisciplinar.

Nosso objetivo é reforçar os pilares do emagrecimento saudável, reintroduzindo a mudança do estilo de vida e a reeducação alimentar como base para perda e manutenção do peso a longo prazo. Sem esse acompanhamento, todo resultado alcançado com o método pode ser colocado em risco com novo reganho de peso.

A Endodiagnostic criou ao longo dos 8 anos de trabalho em emagrecimento e manutenção de peso um Protocolo Individualizado para se alcançar tais objetivos, através de uma equipe de médicos, nutricionistas e psicólogos pós-graduados e especializados em reeducação e estilo de vida saudável.

Dieta Pós-Procedimento de Argônio

Todos os pacientes são submetidos a uma dieta progressiva líquido-pastosa após cada sessão. Ela progride à medida que a fome vai retornando. Além disso, a dieta líquida é de suma importância para evitar complicações e se ter boa adaptação ao procedimento.

Nesse período, faz-se necessário a trituração dos comprimidos polivitamínicos.

Acompanhamento Clínico-Nutricional

Todos os pacientes Endodiagnostic são acompanhados de forma personalizada por um período médio de 6 meses, tempo mínimo sugerido para reintrodução de hábitos saudáveis alimentares. Faz-se necessário o retorno médico após cada sessão de tratamento.

Após o 1º semestre de tratamento multidisciplinar, orienta-se espaçar as consultas priorizando o controle nutricional bimestral.

Retorno às atividades diárias

O Plasma de Argônio normalmente não interfere nas atividades cotidianas. Orienta-se o retorno ao trabalho no dia seguinte e o retorno às atividades físicas em 1 a 2 dias, de acordo com a recuperação individual de cada paciente.

Contraindicação

Apesar de não existir contraindicação absoluta, não indicamos o tratamento caso a anastomose entre o estômago e o intestino esteja justa, ou seja, medindo 1,0 cm ou menos.

Neste caso, o paciente é avaliado pela equipe multidisciplinar a fim de diagnosticar outras causas para o reganho de peso que não seja pelo alargamento da anastomose pós-cirurgia bariátrica.

É comum sentir dor?

Espera-se que o paciente apresente discreta sensação de desconforto, semelhante a uma gastrite leve. O sintoma tende a permanecer nos primeiros três dias, regredindo progressivamente dentro da 1ª semana, e principalmente na primeira sessão. Em caso de efeitos colaterais, o paciente tem à disposição uma equipe médica de sobreaviso por 24 horas para dirimir dúvidas e realizar pronto-atendimento.

RISCOS

Um dos objetivos de uma dieta progressiva após a realização do método é reduzir o desconforto após as sessões. Além disso, evita que os alimentos traumatizem essa área cauterizada e possa causar vômitos, sangramento e úlceras, que são possíveis porém raras complicações do método.

Existe um baixo risco de desenvolver uma cicatrização mais intensa no procedimento e ter um estreitamento da anastomose acima do esperado. Neste caso, pode ser preciso dilatá-la novamente por endoscopia, sendo este um novo procedimento diferente deste.

Registro do procedimento do Plasma de Argônio

Dentre todas as técnicas utilizadas após reganho de peso, o Plasma de Argônio é o único método que apresenta registro pela Agencia de Vigilância Sanitária – ANVISA – para uso no Brasil: 10247670044


TIRE SUAS DÚVIDAS

Assinar a newsletter.

Enviar

OUTROS MÉTODOS

Banda Gástrica Ajustável

Stomaphyx

A Banda Gástrica Ajustável (Lap-Band®) é um dispositivo de silicone ajustável colocado na parte superior do estômago, por cirurgia vídeo-laparoscópica, destinado a desacelerar a digestão e estimular a saciedade precoce e prolongada, facilitando a Reeducação Alimentar.


Saiba Mais

O Stomaphyx é uma técnica baseada na tecnologia NOS (Cirurgias por Orifícios Naturais) que tem se desenvolvido muito ultimamente por ser menos agressiva, redução de tempo cirúrgico e dos riscos, e rápida recuperação no pós operatório de pacientes.


Saiba Mais


ONDE ESTAMOS

  • Unidade Copacabana
    Dr. Felipe Matz
  • Unidade Barra
    Dr. Flávio Mitidieri
  • Unidade Niterói
    Dr. Raphael Ferreira
  • Unidade Nova Iguaçu
    Dr. Raphael Ferreira
  • Unidade Tijuca
    Dr. Raphael Ferreira
  • Unidade Bangú
    Dra. Osana Sanches
  • Unidade Volta Redonda
    Dra. Lis Marques
  • Unidade Higienópolis
    Dr. Poncio José Leonides
  • Unidade Zona Leste
    Dra. Fabíolla Machado
  • Unidade Além Paraiba
    Dr. Breno Costa

Veja onde estamos

PARCEIROS